Criado: Segunda, 02 December 2013

Turma da Velha Guarda - Pesqueira-PE


JUBILEU DE DIAMANTE, OU SEJA, SESSENTA ANOS DO  ACONTECIMENTO

 

 

Parece que foi ontem... Naquela quarta-feira, às 21:15h, 02 de Dezembro de 1953, era lançado ao AR o programa Serões e Serestas pela Rádio Difusora de Pesqueira, Z.Y.K.-25, com a Turma da Velha Guarda, formada por Osvaldo Almeida com seu saxofone, Henrique Wanderley com o seu bandolim, Eurivaldo Jatobá com o seu violão, Chiquinho Amaral com o seu cavaquinho, José Duque com o seu Violão, Antônio Caboclo com o seu violão, Zezinho Parabellum com o seu pandeiro e o cantor Ruy Sivini com a sua voz de eterno seresteiro.

Foi um programa com nove componentes, inclusive este que vos escreve, que redigiu em 6 páginas todo o desenrolar do programa que entrava no AR para satisfazer aos ouvintes deste Nordeste imenso que eram ligados na Rádio Difusora de Pesqueira.

 Foi tão grande a recepção com cartas que recebemos de Garanhuns, de Arcoverde, de Petrolina no distante sertão de nosso Estado e o programa foi ouvido em Picos no Piauí, onde uma ouvinte por nome de Maria Cleonice dos Santos, além de exaltar as virtudes dos componentes da Turma da Velha Guarda, fez um pedido para que o cantor Ruy Sivini interpretasse Chão de Estrelas, uma canção de Sílvio Caldas e Orestes Barbosa. Recebemos da direção geral da Empresa Jornal Comércio, os mais altos elogios, pela apresentação, que foi ouvida por um funcionário que estava escutando as programações das emissoras do interior: Garanhuns e Caruaru, que tinham sido inauguradas em 26 de maio e 06 de setembro de 1951, e Limoeiro no dia 17 de outubro de 1952.

Foi gratificante para todos que faziam a Turma da Velha Guarda, a carta recebida pela direção da emissora, enviada por Amarílio Nicéias, dando os parabéns por um programa tão bem elaborado e pela apresentação dos valores da terra do tomate.

Dos nove componentes da turma daquela maravilhosa noite, só resta este que vos escreve, Laurene Martins.

 

Pesqueira, 02 de dezembro de 2013.