DILEMAS METROPOLITANOS

Criado: Segunda, 22 February 2010

O Bom Dia Brasil, informativo da Rede Globo, vem mostrando em consistentes reportagens, um problema crucial que está atingindo as grandes e pequenas cidades brasileiras: O lixo urbano.

O que nos surpreende é que a situação está ficando caótica até em algumas cidades de estados do Sul e Sudeste do Brasil, cujos habitantes são teoricamente mais civilizados de que os do restante do país. Até os tradicionais pontos turísticos daquelas regiões estão sofrendo com o lixo.

Quem lê os jornais da capital do nosso estado deve estar farto de notícias sobre o acúmulo de lixo nas vias públicas, principalmente no centro da cidade que muitos apelidam de Veneza Brasileira.

Todos nós sabemos que a limpeza urbana depende de um bom serviço de varredura e coleta do lixo e da colaboração e educação dos habitantes.

Saindo das metrópoles e focalizando a nossa Pesqueira, verificamos que há tempo a nossa cidade vem sofrendo com a deficiência da limpeza urbana e com a falta de educação ou quem sabe, um pouco de má vontade de uma parcela de seus habitantes. Gostaria muito de estar errado, nesta última hipótese.

E como o lixo tem muito a ver com a saúde pública e a dengue está avançando assustadoramente em algumas cidades, seria bom que as secretarias de saúde do estado e do município se articulassem mais ainda e intensificassem o trabalho de conscientização sobre os riscos se conviver com o lixo, que por sua vez, atrai insetos e estes, trazem doenças para a população.

Sugerimos mais uma vez que a prefeitura procure melhorar a limpeza urbana nas ruas onde o serviço já existe e viabilize a sua expansão para os bairros novos que mesmo contando com a coleta do lixo, ainda não se beneficiam da limpeza, tarefa esta que fica a cargo dos moradores. Só que muitos ou não têm consciência da gravidade dos problemas que nos cercam, ou simplesmente deixam pra lá.

Por outro lado, é imperiosa a realização de um trabalho educativo junto à população, pois infelizmente, quem anda pelas nossas ruas, não tem muita dificuldade para comprovar o que vimos insistentemente combatendo, sem outros interesses menores, a não ser, ver a nossa cidade limpa e bem cuidada pelos seus moradores e pelo poder público.

Para finalizar, humildemente lembramos que Pesqueira cresceu e não pode continuar sendo administrada com métodos utilizados dez ou vinte anos atrás.

Outro problema carente de estudos: os terrenos baldios na área urbana, em sua maioria, com sintomas de abandono. Quem cuida deles? O município precisa urgentemente de um Código de Posturas atualizado e eficaz.

E por falar em Código de Posturas, no final do ano passado, indaguei de dois vereadores se eles sabiam da existência de algum projeto pertinente em tramitação ou estudo na Câmara, eles disseram que desconheciam.

No início deste mês, vi jovens munidos de prancheta e fita métrica fazendo medição e anotações. Isto seria o sinal de que algo de novo está por acontecer? Vamos aguardar e torcer para que a resposta seja positiva.